A Estreia de Evangelion e outros animes incríveis na Netflix

Confira uma lista dos animes mais incríveis da Netflix

Evangelion chegou na Netflix e foi um dos assuntos mais falados de hoje na internet. O anime clássico de mechas e ficção científica sem dúvida é um dos mais queridos entre os fãs do genêro e com sua estreia hoje no serviço de streaming deve se popularizar ainda mais. Para quem ainda não conhece Neon Genesis Evangelion se passa em Tokyo-3, uma cidade japonesa de um futuro distópico, onde a civilização foi arrasada após um desastre no passado. Agora, a humanidade se vê ameaçada novamente quando criaturas misteriosas chamadas Anjos começam uma invasão. Para combater a ameaça, uma organização chamada NERV criou robôs gigantes conhecidos como EVAs. As máquinas são pilotadas por jovens pilotos, dentre eles Shinji Ikari, protagonista da história, que carrega uma série de traumas. A partir daí, a trama se desenvolve muito além de uma batalha clássica de robôs e aliens, e entra no campo da mente humana, evolução e claro, sobrevivência a qualquer custo. Além da série de 26 episódios, a Netflix disponibilizou os longas “The End of Evangelion” “Evangelion: Death (True) 2” que concluem a série e ajudam na compreensão da história. E aproveitando a hype em torno da estreia do anime, preparamos uma lista de animes incríveis que também estão disponíveis na Netflix. Confira os trailers e uma breve sinopse a seguir:

1. Nanatsu no taizai (The Seven Deadly Sins)

O “Sete Pecados Capitais” (“The Seven Deadly Sins”) era o mais forte grupo de cavaleiros que defendia a região de Britannia. Há dez anos eles foram acusados de tentar dar um golpe para tomar o reino e teriam sido impedidos pelos Paladinos, guerreiros sagrados poderosíssimos do reino de Lyonesse, e fugido. Agora, dez anos depois, os Sete Pecados Capitais ainda são procurados e viraram lenda. Ninguém sabe se eles estão vivos ou mortos, se estão unidos ou o que teria acontecido com eles. Mas, ao mesmo tempo, começam a surgir indícios de que os Paladinos talvez não sejam tão idôneos assim. Surge então a terceira princesa, Elizabeth, que vê seu reino sofrer nas mãos dos Paladinos e parte à procura dos Sete Pecados Capitais, acreditando que eles não são maus por causa das histórias que seu pai contava. E então ela se encontra com Meliodas, um homem com cara de menino, dono da taverna Chapéu do Javali e curiosamente com o mesmo nome de um dos Sete Pecados Capitais. Juntos eles partem em uma aventura para procurar os outros Pecados e tentar descobrir o que está acontecendo nos reinos da região. Já estão disponíveis três temporadas na Netflix, além do longa “Prisioneiros do Céu”. O mangá vem sendo publicado simultaneamente com o Japão pela Editora JBC.

2. Full Metal Alchemist (Brotherhood)

Nada pode ser obtido sem uma espécie de sacrifício. É preciso oferecer em troca alguma coisa de valor igual. Esse é o princípio básico da Alquimia, a Lei da Troca Equivalente. E foi acreditando que essa lei fosse absoluta que os irmãos Edward e Alphonse Elric quebraram o maior tabu entre os alquimistas: realizaram uma transmutação humana para trazer de volta à vida sua mãe. Mas tudo deu errado. No processo, Ed perde a perna esquerda e, para salvar ao menos a alma de seu irmão mais novo, ele sacrifica seu braço direito para fixá-la a uma armadura medieval. A partir daí a dupla parte em uma jornada em busca da lendária Pedra Filosofal, a qual acredita-se ser capaz de aumentar os poderes de um Alquimista. O plano dos irmãos é usá-la para ter seus poderes ampliados e assim trazerem seus corpos de volta. Para tanto, Edward se torna um Alquimista Federal. Mas, pouco a pouco, ele e Al vão desvendando os mistérios que envolvem a Pedra Filosofal e toda uma trama conspiratória envolvendo o governo, alquimistas e estranhos seres dotados de incríveis poderes conhecidos como Homúnculos. Todos fazem parte de um mesmo grande círculo de transmutação que tem em seu centro os Irmãos Elric. Já estão disponíveis todos episódios da série FullMetal Alchemist e também a versão Brotherhood que se aproxima mais do mangá. Também está disponível o longa live action, que já analisamos aqui. O mangá já foi publicado na íntegra pela Editora JBC, sendo sua edição mais recente baseada na versão kanzenban (definitiva).

3. One Punch Man

A trama de One Punch Man acompanha o personagem Saitama, que salva a fictícia Cidade Z de monstros terríveis, derrotando-os com um único soco. Em flashbacks, o leitor descobrirá que o protagonista era apenas um desempregado, um homem comum, que, ao salvar um garoto de uma criatura, lembra que seu sonho de infância era ser um super-herói. Em certos momentos, o mangá ganha um tom de comédia, pois Saitama se entedia por ter se tornado tão forte. A série tem outros personagens interessantes, como o ciborgue Genos e outros heróis e vilões da cidade. A primeira temporada já está disponível e uma segunda temporada está em andamento. Você pode conferir o trailer clicando aqui. O mangá vem sendo publicado pela Panini.

4. Death Note

A história centra-se em Light Yagami, um estudante do ensino médio que descobre um caderno sobrenatural chamado “Death Note”, no qual pode matar pessoas se os nomes forem escritos nele enquanto o portador visualizar mentalmente o rosto de alguém que quer assassinar. A partir daí Light tenta eliminar todos os criminosos e criar um mundo onde não exista o mal, mas seus planos são contrariados por L, um famoso detetive particular. Além da série de anime completa, o Netflix tem disponíveis os longas japoneses: Death Note, Death Note II: O Último Nome e Death Note: Iluminando um Novo Mundo. Também tem a versão americana do longa, cujo trailer você confere acima, que é bem aquém das demais e foi produzida pela Netflix.

5. Street Fighter II: V

Esse não poderia faltar em homenagem aos nossos seguidores gamers. Uma das melhores, senão a melhor adaptação do clássico game de lutas. A série é uma adaptação do jogo Street Fighter II, tendo criado várias liberdades com a história e os personagens do jogo. A série segue as aventuras dos jovens Ryu e Ken, dois lutadores de artes marciais que percorrem vários lugares do mundo para melhorar suas habilidades depois que ambos enfrentam uma humilhante derrota para Guile. Durante o decorrer da série, Ryu e Ken se familiarizaram com outros personagens, tais como Chun-Li, Fei Long, Sagat e Dhalsim. Eventualmente, eles se encontram na mira da organização criminosa Shadaloo, liderada pelo enigmático M. Bison, depois de derrotarem uma de suas organizações subordinadas (Ashura). Entre os agentes da Shadaloo estão o lutador russo Zangief, a assassina britânica e sedutora Cammy (que desconhecia sua ligação com a Shadaloo) e o agente duplo da Interpol, Balrog. O nobre guerreiro espanhol Vega também aparece como um antagonista, embora ele não esteja associado com a Shadaloo nesta série. Vale a pena conferir esse anime seja você fã dos games ou não. 

6. Castlevania

Fechando a nossa seleção, mais um anime baseado nos games. Castlevania, é uma adaptação de vários games com o mesmo título, que segue a história da família Belmont e seus descendentes, em uma luta para salvar a humanidade da extinção do vampiro Conde Drácula e seus seguidores. Mais especificamente, a série traz a saga de Trevor Belmont, Sypha e Alucard contra Drácula e é baseada no game Castlevania III: Dracula’s Curse, mas sob uma nova perspectiva e com maior profundidade na história. Já existem duas temporadas disponíveis e uma terceiras está a caminho, como já anunciamos aqui.

E essa é apenas uma amostra dos títulos que nossos seguidores podem encontrar na Netflix. Podemos citar também os clássicos Bleach, Naruto, Yu-gi-Oh e vários que você pode encontrar lançando uma busca com a palavra chave “anime”. Muitos títulos incríveis para quem quer conhecer mais sobre as animações japonesas ou que ir além da hype iniciada esta semana com Evangelion. E fiquem ligados para mais novidades sobre animes a qualquer momento aqui mesmo no GamePlay RJ.

Químico, pai e professor no mundo real, Felipe, vulgo Nerd sempre foi apaixonado por quadrinhos,cinema e TV. Também adora escrever e discutir sobre os temas nas horas vagas, o que o trouxe a GameplayRJ, sua morada na internet.

Comentários

comentários